Close Menu

Busque por Palavra Chave

Guarujá - SP - Mobile

SEGUNDA EDIÇÃO

Programa Cheque do Leite paga R$ 447 mil em São Lourenço do Oeste

Prefeitura de São Lourenço do Oeste Evento realizado pelo prefeito Caleffi nesta quinta-feira (25) contou com a presença da vice-governadora Daniela Reinehr Evento realizado pelo prefeito Caleffi nesta quinta-feira (25) contou com a presença da vice-governadora Daniela Reinehr

O governo municipal de São Lourenço do Oeste, por meio da Secretaria de Agricultura, realizou o pagamento único do Programa Cheque do Leite na manhã desta quinta-feira (25), num evento especial para comemorar os 61 anos do município e também o Dia do Colono. O evento foi realizado no Teatro Professor Arno Ignácio Etges, no Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira. Neste ano, 472 produtores se cadastraram para receber o Cheque do Leite e, juntos, receberam R$ 447.353,70.

Presente no evento, a vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr, disse que a grande missão é essa, “trabalharmos todos juntos para desenvolvermos nosso Estado, nossa região, para que o Oeste de Santa Catarina chegue patamar que merece estar, pelo que nós trabalhamos e pelo que nós produzimos”. Para Daniela, uma das marcas do Governo do Estado é trabalhar com eficiência, fazer uma boa entrega e economizar. Em sua mensagem, falou ainda que o leite que é uma riqueza grande do Estado e agradeceu os produtores por construírem isso. “É uma alegria para mim estar aqui no Oeste, eu me sinto em casa”, finalizou.

Rafael Caleffi, prefeito de São Lourenço do Oeste, parabenizou os colonos pelo seu dia e destacou que todos os produtores precisam melhorar a qualidade da bovinocultura leiteira, seja no rebanho, na sanidade animal, na pastagem ou no melhoramento genético. “Precisamos criar competitividade”, frisou.

Sobre o Programa Cheque do Leite, explicou que os recursos serão reinvestidos na propriedade, movimentando a economia local. “Por isso criamos o Cheque do Leite. Assumirmos o compromisso e estamos cumprindo. E precisamos ser bairristas. Entregando o leite em São Lourenço do Oeste, o município tem mais ICSM e mais economia, por isso há uma distinção na alíquota”, enalteceu o prefeito, destacando que os produtores que entregam o leite no município conseguem receber um valor maior em recurso.

Autoridades

Entre o público presente, além de produtores, empresários e secretários municipais, estavam também o secretário de Estado da Agricultura, Ricardo Gouvêa, o presidente da Câmara Municipal, Alexandro Ferrari, os deputados estaduais Mauro De Nadal e Coronel Mocellin. As empresas Casaredo e Lorenzo foram parcerias do evento, oferecendo o café de recepção para o público.

Saiba mais

O bônus fiscal é calculado de acordo com as seguintes alíquotas: 2,9% no caso de circulação dentro do município da produção leiteira, com destino à indústria de transformação do leite estabelecida no município de São Lourenço do Oeste, com limite de até R$ 2,5 mil por ano; e 1,7% no caso de circulação intermunicipal da produção leiteira, com destino à indústria de transformação do leite estabelecida em outros municípios e limite de até R$ 1,5 mil por ano. O cálculo é feito pelo valor total do movimento econômico da produção leiteira da propriedade no ano base, ou seja, os beneficiados em 2019 tiveram o cálculo feito sobre 2018.


Outras Notícias
Segurança Pública - Estelionato - Mobile
Alesc - Outubro - Mobile
Fiesc Outubro - Mobile
Zagonel - Outubro - Mobile
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro