Close Menu

Busque por Palavra Chave

Fiesc vai a Brasília; Gigante no Planalto; Dupla do PSL do Sul; Chove recursos no Norte; Defensoria Pública e LGBTI; Mário Lanznaster recebeu Progressistas

Por: Marcos Schettini
31/07/2019 00:39 - Atualizado em 31/07/2019 00:52

Ferrovia Norte-Sul é o colchão do Agronegócio

A agonia do setor produtivo, principalmente do agronegócio, é o preço de competição do milho que, para chegar às granjas, eleva o valor. Para cada kg de frango ou suíno, são necessários três de milho. No final, para garantir a produção, precisa correr em busca da semente para cumprir a linha de produção. Vindo do Paraguai, que passa por um bom momento econômico, são necessários 500 km de transporte que a ferrovia, descendo até um ponto de abastecimento dos caminhões, altera o valor que seria imediatamente menor, dando maior poder de agregar valor às centenas de carnes beneficiadas. Os deputados Altair Silva e Angela Amin, federal e estadual, e Esperidião Amin, senador, em uma reunião com Mário Lanznaster e Marcos Zordan, entendeu o aperto do setor. O trio progressista, entre encontros com os ministros da Infraestrutura e Agricultura, além de Audiências Públicas na Alesc, vai levantar a bandeira das discussões. É uma discussão do Fórum Parlamentar que tem o peso pesado de Rogério Peninha Mendonça pilotando. Se quiserem, é possível trazer para mais perto. Amanhã, em Anápolis, vão comemorar o alcance. SC deu a JB o que ele quis. Agora é hora do retorno.


Destrancando

Esperidião Amin abriu agenda para as lideranças da Fiesc para que o ministro da Infraestrutura conheça, cientificamente, o caos que são as estradas de SC, que sufocam a indústria e empurram o Estado para o fracasso financeiro.

Mário Cezar de Aguiar vai levar para Tarcísio de Freitas um relatório, doloroso, do mapa das estradas que asfixia a economia e prejudica, inclusive, no custo que, no passar da régua, é percebido nos supermercados. O agronegócio caminha mancando.

Decente

O senador progressista tem uma reunião com a Empresa de Planejamento e Logística, aquela criada para o trem-bala, para apresentar um plano de infraestrutura que resolva mais rápido as mentiras do passado. Esperidião Amin sabe que, como está, não se engana mais ninguém.

Maleta

Gigante Buligon vai a Brasília hoje cedo e, com a força do seu Democratas em teste, vai levar uma mala vazia para trazer o pesado verbo de investimentos que vai fazer em Chapecó. Avalia entre 20 a 50 milhões. Como Rodrigo Maia está bem com JB, o prefeito quer voltar em gargalhadas.

Impacto

O prefeito de Chapecó quer voltar com bursite, com o ombro doendo devido ao peso dos recursos que quer trazer. Se der certo, carimba o processo eleitoral do ano que vem. Como vice-presidente do Democratas e bem com JB, Gigante quer voltar feliz.

Despejo

Daniel Freitas e Felipe Estevão correram a região Sul e entregaram aos prefeitos um leque de recursos que, em tempos de Saara, um pingo molha. Com a sigla marcada na testa, os deputados federal e estadual foram fortes. O que mostra, com dúvidas zero, que representatividade diz tudo.

Armindo Sesar Tassi, de Massaranduba, e Professor Chiodini, de Guaramirim, receberam Carlos Chiodini com festa esta semana. O deputado federal repassou o que ambos precisavam para desenhar o que resta do ano e, de quebra, olhar para as urnas no ano que vem. Mais que ganhar a prefeitura, é permanecer nela em 2020.

Altura

Em meio à onda patética de preconceito e desrespeito à opção sexual, a Defensoria Pública instala procedimento para defender vítimas LGBTI que, nestes tempos de intolerância, vivem os ataques físicos e psicológicos. A entidade, sempre à frente de tudo, assinando ao lado de quem precisa.

Defensoria

A jornalista Valquíria Guimarães dá eco às iniciativas de Ana Carolina Dihl Cavalin que assumiu a Defensoria Pública após o não menos competente Ralf Zimmer Junior. Desde 1963, até levantamento de 2018, foram 8.027 assassinatos por homofobia no Brasil, com um ataque violento a cada 16h. A entidade levantando a bandeira.


Pois

Hoje vence um decreto que sustou a negociação de todos os setores da cadeia produtiva. Os defensivos agrícolas, a partir de amanhã, sobem 17%. Como Paulo Eli, secretário da Fazenda, está em férias, vai implicar no preço do produto junto ao agricultor. Ou seja, eles vão comprar, agora, no PR e RS, com ICMS zero.

Grandeza

Mário Lanznaster recebeu o senador Amin, a deputada federal Angela Amin e o estadual Altair Silva na Coopercentral. O tema foi a zona livre de aftosa. Há a possibilidade de a carência de vacinação diminuir e o certificado, uma conquista padrão desde 2002, cair.

Pedido

O presidente da Aurora recorreu ao senador progressista para uma conversa com a ministra da Agricultora, Tereza Cristina. Se ocorrer, PR e RS garantem o certificado de trânsito entre os Estados. Isso pode correr o risco de, em um tropeço, contaminar o plantel de SC, arruinando a exportação.

Discreto

O evento de filiação de Napoleão Bernardes no PSD será no Lindacap apenas em almoço com a executiva e nada mais. Decidiram seguir com menos barulho e mais estratégia. Porque fazer foguetório em tempos de turbulência, é gritar em pleno voo.



Anúncio Radial 2
Campanha Infraestrutura - Mobile
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Campanha Santur
Rech Mobile
Alesc Facebook - Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro