Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma
Peste Suína Setembro
Beira-Mar Casan

Salvaro na equação Taiwan; Hildebrandt abre concessões; Lunelli humaniza Jaraguá do Sul; Gean Loureiro retoma; Jornalistas e a Democracia

Por: Marcos Schettini
02/08/2019 00:15 - Atualizado em 02/08/2019 10:41

Um exército de profissionais erguendo a bandeira da verdade

Neste sábado, como foi nos outros 11 anos, jornalistas de todo o estado estarão em Chapecó para falar mal e bem dos outros. Uma categoria de ponta, pilar da Democracia, coletivo de alto valor profissional e respeito, são a coroa sobre a cabeça da verdade que, destemida, não tem medo dos tempos de dúvidas e terror de censura que bate à porta. Firmes, estão lado a lado da liberdade de comunicação e a ela se inclinam. O jornalista Ademir Arnon, presidente da Associação Catarinense de Imprensa, Casa do Jornalista, é o anfitrião defensor, pleno e irrestrito, da liberdade de imprensa que está na mente de cada um e que comanda a voz e os dedos de Cláudio Prisco Paraíso, Moacir Pereira, Upiara Boschi, Paulo Alceu, Cacau Menezes, Karina Manarin, Altair Magagnin, Mário Motta, Laine Valgas, Roberto Alves, Roberto Azevedo, Giovani Martinello, Ricardo Van Dorff, Fabian Londero, Valquíria Guimarães, Aline Cabral, Rute Enriconi, Thamy Soligo, Raquel Lang, Camille Reis, Mário Neves, Marcelo Petrelli, Fernando Mattos, Marcelo Lula, Alcebíades Santos, Francisco Bohner, Alfredo Lang, Vanessa Hubner, Veruska Tasca, Sérgio Badalotti, Eduardo Prado, Kíria Meurer, Mário Tomasi, Carlos Mello Gonçalves, Tadeu Costa, Lucio Jacques, Edsoul, Ana Lucietto, Bruno Pace Dori, Darci Debona, Matheus Frozza, Júnior Spindula, Gilmar Fochessato, Valeska Lippel, Sonia Giaretta, Diana Bordin, Fabio Schardong, Angela Kramer, Janaína Mônego, Carolina Bahia, José Carlos Linhares, Diego Antunes, Eliane Mattos, Laurimar Giaretta, Quirino Ribeiro, Ivan Carlos Agnoletto, Celso Mantelli, Tuliana Rosa, Patrícia Vanzin, Janquieli Ceruti, Adelor Lessa, Vandrei Bion, Rossani Thomas, Fabian Lemos, Rafael Custódio, Nilton César Góes, Marcelo Tolentino, Marcelo Kampff, Haudrey Mafioletti, Renato Igor, Dagmara Spautz, Guto Kuerten, Lúcio Baggio, Edson Florão, Paulo Varella, Arnaldo Carlos Lanz, Júnior Ferigollo, JM, Marcos Zadinello, João Manoel de Souza Neto, Andréa Leonora, Hugo Paulo Gandolfi, Christiane Lise, Rodrigo Goulart, Cris Cordioli, Fernanda Moro, Letícia Ferrari, Eduardo Florão, Alan Borges, Cleiton César Agnoletto, Fabrício Severino, César Brito, Estela Benetti, Marco Favero, Ary Silveira de Souza, Pedro Machado e Ricardo Wolffenbütte, Mariana Paniz, Jefferson Saavedra, Alessandra Flores, Lúcia Helena Evangelista Vieira, Plínio Ritter, Patrícia Schneider de Amorim, Tatiani Magalhães, Nikolas Stefanovich, Giancarlo Baraúna, Marcelo Espinosa, Lisandrea Costa, Denise Prola, Alexandre Back, Mateus Montemezzo, Ney Bueno, Alessandro Bonassoli, Rubens Vargas, Marcelo Santos, Fábio Queiroz, Rodolfo Espindola, Solon Soares, Rony Ramos, Juliana Guima, Ludmilla Gadotti, Gicieli Dalpiaz, Cláudia Alves, Maria Helena Saris, Deluana Buss, Gutieres Baron, Denise Felix, Ariane Dorigati, Paulo Cesar, Suelen Costa, Cláudio Thomas, Daniela Kirst, Nara Cordeiro, João Guedes, Renan Schlickmann, Colombo Souza, Raphael Faraco, Douglas Márcio, Daniella Peretti, Thiago Freitas, Juliana Miotti, Jefferson Douglas, Rafael Spiller, Inácio Rohden, Maurício Freitas, Zico Carlos Soares, Anderson Silva, Marcos Bedin. Forças da comunicação de SC que movem a notícia com Jornalismo, em direção ao cidadão, feito para ele, com ele, por ele.


Jumbo

Prefeito de Chapecó voltou de Brasília com a certeza de fazer uma revolução de obras na história municipal. Não diz o valor total por questão estratégica. Vai fazer a Capital do Oeste avançar na maior onda de investimentos desde o nascimento do condado. Gigante Buligon voltou do futuro.

Força
Comunidade inteira de Criciúma está em corrente pela ida de estudantes da rede municipal para Taipé, em Taiwan, onde vão participar da Olimpíada Internacional de Matemática. Um feito. Esta ida incentiva outros a seguirem na mesma direção.

Aposta
Clésio Salvaro faz grande propaganda na missão estudantil porque, com este investimento na Educação, sua plataforma para 2020 fica evidente. Jogar recursos no conhecimento é a única estrada capaz de firmar cidadania e um Brasil forte.

Focado
Mário Hildebrandt abriu concessões e PPPs para desenhar Blumenau do amanhã. O prefeito da Oktoberfest já imprime discussões em torno da saúde, educação, assistência social e mobilidade. Sem partido, prepara o chão.

Ladrilhando
Ao tirar da prancheta o pacote de concessões PPPs e PMIs, ele coloca o mercado público, rodoviária, área azul, Estação Blumenau, Galegão, parques, no cenário de 2020 mostrando que seu governo, no critério de pisar no futuro, é a rota.

Excelente

Antídio Lunelli entrega uma obra que, invejada, deve ser em todos os municípios. Espaços para caminhadas e rotas para bicicletas em um uso que, no varão, principalmente, será ponto de encontros e lazer. Jaraguá do Sul vira escola.

Passou
O prefeito de Jaraguá do Sul calou-se, corretamente, sobre aqueles comentários negativos que colocou o município nas discussões sobre tolerância. Pouco se importando com miudezas, Lunelli foi cuidar do que interessa.

Missão
João Batista Nunes entrega amanhã ao titular, o comando municipal. O perfil assumido, é o de discrição e interinidade tranquila. Passou pela tutela sem fazer qualquer barulho. O parceiro de Gean Loureiro é um quadro a ser estudado.

Impertinentes
Há vices, em qualquer altura de governo, inconvenientes em relação ao titular. E, se tiverem uma oportunidade, tomam atitudes que, muitas vezes, põe em xeque a relação de governo. No caso de João Batista Nunes, virou modelo.

Pró
A relação do vice com o titular é de confiança. A Capital, cujas necessidades não permitem perdas de tempo, une-os. Gean monitorou a continuidade dos trabalhos com distância e dormiu tranquilo. João Batista ganha altura para 2020.

Roteiro

Celso Maldaner passou por vários municípios do Sul do Estado para tecer o cenário do ano que vem. Ativo, o marido de Rose Maldaner quer fazer do processo eleitoral seu pilar para 2020. O deputado federal, não é de hoje, tornou-se Midas.

Ouro
O momento do MDB, com perdas de quadros, leia-se Gean Loureiro e possivelmente Udo Döhler, o futuro precisa dizer muito. As municipais são um diagnóstico de 2018 que Maldaner precisa vencer. Se der errado, com a sigla secando, foi-se.

Operário
O deputado federal aproveitou o recesso para comparecer, novamente, e agradecer o apoio recebido sobre a força de Dário Berger. O senador, embora não fale, jogou a toalha e desvia-se de 2022. E Celso segue em frente.

Nada
Embora se encontre ali ou lá, entre um evento ou outro em Brasília, Celso Maldaner e Dário Berger falam o necessário. Mais silenciosos que em diálogo, as duas lideranças carregam o efeito desastroso da disputa no efeito Dilma.

Dilma
Ninguém ganhou, ninguém perdeu, todos ganharam, todos perderam, é mais ou menos o que ficou da disputa entre Dário e Celso no controle do MDB. O certo disso é que, embora tudo o que a sigla vive, mostrou sua importância.

Retorno
Eduardo Moreira acompanhou Celso no roteiro do Sul e, discreto, disse-se feliz com o tempo oferecido à família. Com disposição física e mental, o ex-governador tem viajado, descansado e preparando-se. Este reinício são seus olhos mirados ao Senado.

Ele


Jorge Bornhausen e Júlio Garcia são os anfitriões maiores da chegada de Napoleão Bernardes no partido. O PSD aposta todas as fichas no vice de Mauro Mariani para a retomada do projeto de Poder em 2022. O rapaz está se preparando.



Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro