Close Menu

Busque por Palavra Chave

Li, Vi e Ouvi | Dias dos pais e deslizes

Por: João Lamarque de Almeida
12/08/2019 09:38 - Atualizado em 26/06/2020 11:56

Dia dos pais

É possível um pai medir seu amor ao filho? Tem um filho noção da generosidade, de encantamento, da extensão infinito desse amor? Não existe amor maior, nem mais puro do que aquele que vive no coração paterno. O amor de um pai ao filho somente uma fita métrica divina pode medi-lo. E nem o melhor ourives do mundo é capaz de avaliar o seu valor. Nada a ele se assemelha. Nada o suplanta. É algo tão grandioso, que somente o coração de um pai pode comportar. É viver duas vezes de uma vez. É como olhar para as próprias mãos e senti-las por serem uma extensão do corpo. Assim ao pai é o filho, esse amor, que une e que faz uma só matéria em dois corpos dividir-se.

Deslizes de Deltan Dallagnol

É em razão do conjunto de deslizes revelados nos diálogos, que Deltan Dallagnol será investigado pela Corregedoria do Conselho Nacional do Ministério Público. Expostas à luz do sol, as mensagens revelam interesse em tirar vantagem financeira da notoriedade e pior, preocupação em driblar a lei e escapar da fiscalização interna.

Primeiro e segundo semestre

O primeiro semestre foi marcado pela frustação. No segundo, a economia deve parar de desacelerar e ter algum retorno. Neste mês de agosto, a Reforma da Previdência deve estar aprovada na Câmara, e o juro menor.

Pensamento

Um pai, ainda que o mais pobre, tem sempre uma enorme riqueza para deixar ao filho: seu exemplo.

- Coelho Neto


Alesc - Outubro - Mobile
Floripa - Um novo amanhã - Mobile
Essenciais de Verão
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro