Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma
Peste Suína Setembro
Beira-Mar Casan

Bruno Souza no MDB; Bancada do PSD invade Blumenau; Camilo pisa no acelerador; Unidade em Balneário Camboriú; Gigante Buligon sobe

Por: Marcos Schettini
23/10/2019 10:42

Gigante Buligon consagra sua simplicidade

O prefeito de Chapecó foi agraciado com uma informação que lhe empurra para frente mesmo diante da oposição canina que sofre por ter cortado vínculos que impedia seu modo de governar. Cortou o cordão umbilical de serviçal que o impedia de respirar. Sempre soube que isso tem uma reação dentro da Câmara ou em pingados nomes que dizem-se indestrutíveis. A oposição, nanica, grita para si mesma e imagina-se respeitada. Enquanto isso Gigante Buligon vai comemorando números impressionantes de ações sociais, investimentos em todas as áreas prioritárias. O elevado, que teria sido dinamitado mesmo sem ter sido construído, torce o nariz da oposição que vê a fase de conclusão da obra, tirando seu sono. Para piorar suas tristezas, o marido de Lúcia vê o município sendo o terceiro, no Sul do Brasil, em geração de emprego. Estas conquistas são como injeção letal na veia dos seus desafetos. Eles poderiam aplaudir, mas, envergonhados, se escondem no mato aos redores da prefeitura como coral falsa. No começo dão até medo, morde, mas não mata.


Leve

Depois de ter seu mandato confirmado na decisão do TRE, Bruno Souza está desenhando sua ida para a eleição de 2020. Tem várias propostas, mas o MDB está mesmo de olho na sua liderança. O deputado quer enfrentar Gean Loureiro nas urnas. Vai levar consigo os resultados da CPI da Ponte.

Pesado

Bruno Souza afina o discurso e abraça o MDB com a mesma intenção. Já se vê um ulyssista em tempos de Baleia Rossi. O deputado estadual não vê qualquer problema em assumir a sigla quando afirma não ter nada a ver com o MDB do passado, mas do futuro.

Então

Cleiton Salvaro está nas adjacências buscando entender em que o TRE se baseou, de fato, nos argumentos de fidelidade partidária de Bruno Souza. O ex-deputado, diretamente interessado como 1° suplente, agora olha esta ida dele para o MDB porque, se der certo em 2020, volta à Alesc.

Intermediário

Valdir Cobalchini começa as tratativas para atrair Bruno Souza e costurar com Celso Maldaner o desafio. O partido está furioso com Gean, sentindo-se traído mesmo sem a dimensão disso. Sem partido definido ainda, Loureiro ignora tudo com as mãos na pá.

Indiferente

O prefeito da Capital dos catarinenses não está dando ouvidos às movimentações dos adversários. Não tem um dia que Gean não esteja alinhavando 2020. Tem trabalho a mostrar e voz de encanto a seus partidários. Bem nas pesquisas e mantendo humildade, só trabalha.

Tranquilo

Nazareno Martins dormiu melhor depois das decisões do TRE que lhe garantiu o mandato. O pai do prefeito de Palhoça, esbanjando simpatia, agora se volta às movimentações de sucessão de Camilo. Hoje seu filho reúne um grupo num almoço com tema sobre concessão do saneamento.

Debruçado

Camilo Martins está mapeando tudo em Palhoça. Tem leitura de atuações que deve fazer até o grito das urnas no ano que vem. Não está preocupado com as movimentações da oposição ou do PSL. Depois de tropeçar no próprio orgulho interno, fala para surdos. Perderam o discurso.

Magda

A deputada Joice Hasselmann, aquela que foi arrancada da liderança do Governo no Congresso pelas mãos de Jair Bolsonaro, tem muito a ver com aquela personagem esposa do Caco Antibes do programa humorístico Sai de Baixo. O que ela fala de bobagens mostra a atitude do presidente.

Igual

O PSL já é aquela vitrola ao lado. O partido já não é mais novidade em lugar nenhum. Os membros, estranhos, se matam e se beijam. O governador de SC, que o diga, não tem sossego quando, Jessé Lopes e Ana Campagnolo, jogam pedras na vidraça do seu dormitório na Casa d'Agronômica, tirando o sono da primeira-dama.

Cansou

Promessa de futuro, já se engajando em temas que SC necessita para se firmar em desafios econômicos e políticos, Felipe Estevão está à margem. Ignorado pelo partido e governador, está pairando os trabalhos justificado na pesca. O deputado estadual tem boa conversa e respeito por todos. Hoje, longe disso tudo, é sua melhor pescaria.

Invasão

A bancada do PSD, estadual e federal, vai hoje a Blumenau na Oktoberfest de Mário Hildebrandt, sinalizando sua assinatura no partido. Com Napoleão Bernardes costurando as intenções, o prefeito vai decidir seu destino político até o final do ano. O Podemos e Democratas, que orbitam na sigla de Julio Garcia, comungam.

Jogadas

Embora Ricardo Alba esteja assinando sua disputa pela Prefeitura de Blumenau com apoio irrestrito do governador, inclusive falando tudo em nome dele, os estragos de suas intenções ficam por conta do próprio partido em relação a Carlos Moisés. Mário Hildebrandt assiste quieto. Esta briga não sendo dele, trabalha.

Estratégia

Fabrício Oliveira quieto em Balneário Camboriú. Não tem falado muito e, quando abre a boca, une adversários. Na eleição do Conselho Tutelar no município, tirou um termômetro da união Periquito e Leonel Pavan que já não escondem que estão juntos em 2020. O prefeito tem se movimentado silenciosamente, confundindo ambos.

Ela

Pré-candidata a prefeita pelo Republicanos, Dileta Corrêa vai ser a chave para aproximação entre Fabrício Oliveira e o governador Moisés. Guerreira pró-Bolsonaro na luta contra o PT e a corrupção, vai receber a vice Daniela Reinehr para um café. É possível que ela abandone o PSL rumo a seu partido.



Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro