Close Menu

Busque por Palavra Chave

Pedrão e Lummertz abrem; Progressistas emagrece; JPK abandona Mário?; Democratas ocupa; Rodrigo Coelho ganha altura; Inimigo ou adversário

Por: Marcos Schettini
02/12/2019 00:38

Inimigo e adversário são iguais

Há quem consiga diferenciar adversário de inimigo. Se o oponente quer se apoderar daquilo que a situação busca manter, e isso não é um inimigo, é um adversário? Se Bolsonaro e Lula da Silva não são inimigos entre si, são adversários? Mais em guerra de vida e morte que isso, entre extremistas, não tem igual. Guardada a diferença nacional, nos Estados e Municípios, são a mesma coisa. Gean Loureiro vai conhecendo seus adversários que, lá na frente, se converterão em inimigos. Até agora há pouco, por ter votado em Amin para presidente do Senado, Dário Berger e ele são parceiros. Inclusive no interesse em Florianópolis. Por isso que, inimigos ontem, hoje são de casa. O prefeito das praias mais bonitas do Brasil sabe, agora nas revelações de João Amin, com seu desafeto Pedrão no jogo, o Boeing do turismo Vinicius Lummertz, aos poucos, se apresentam. O marido de Cintia Serra de Queiroz, com o super dezembro com 150 inaugurações, vai fazer da capital de SC um torpedo mirado na nau de todos que querem derrubá-lo do seu assento de comando. São os inimigos com roupa de adversário. Ele tem números que abriram a porta do Democratas. E nem começou a Marina ainda. Sua equipe sabe, todos sabem, o município sabe.


Provocação

A saída de Pedrão do Progressistas para disputar as eleições em Florianópolis pelo PL tem uma leitura interessante a ser feita em relação aos dois suplentes que ele apoiou em detrimento a João e Angela Amin. Silvio Dreveck e Leodegar Tiscoski, para quem trabalhou em 2018, ficam em uma saia justa. O vereador assume-se.

Evasão

Com baixa de Pedrão e a saída à francesa de Gelson Merisio, o Progressistas conseguiu fazer a rota contrária ao Democratas com Gean Loureiro, o PSDB com o ex-PSD e agora o surfista no PL. Com a conquista do MDB em avançar além de 100 prefeituras, Silvio Dreveck carrega um carma.

Leitura

Depois de ficar na suplência em 2018 e ser reconduzido à presidência do Progressistas, o desafio de Silvio Dreveck é fazer o partido crescer. Mas não está sendo assim. Ao Gelson Merisio declinar e ir em direção ao PSDB e agora Pedrão ser abençoado por Jorginho Mello, o partido de Esperidião míngua. Sem contar descontentes a granel.

Nada

Faz tempo que o Progressistas tem tido baixas. Além de uma confusão que envolve diretamente o ex-deputado Jorge Boeira que apoia, de modo escancarado, o prefeito Clésio Salvaro. O partido em Criciúma vive às rusgas para 2020. A sigla está em tempestade. Por ser controlada pela família Amin, forte, não há resistência.

Tabuleiro

Jorginho Mello olha 2020 como seu andor na procissão de 2022. O senador tem afinidade plena com Jair Bolsonaro, Sergio Moro e Paulo Guedes, a quem defende plenamente, visualizando o cenário que lhe convém. Como é um quadro inteligente e se dá bem em suas eleições, vencendo todas, vai ocupando. Se ontem foi Pedrão, amanhã é Ivan Naatz.

Ele

O deputado, ainda no PV, está fora da disputa em Blumenau, mas vai seguir a orientação de Jorginho Mello. Ivan Naatz tem mexido forte e é porta-voz dos Praças dentro da PM, onde defende suas bandeiras. A questão dos pilotos-praças que os oficiais querem sufocar, o parlamentar mexe forte a favor.

Calado

João Paulo Kleinübing está sendo pressionado a disputar a eleição em Blumenau, mesmo na linha de atuação de Mário Hildebrandt e Napoleão Bernardes. O prefeito tem feito seu governo apoiado em excelência no meio empresarial e com índices de reeleição nos bairros. Seu silêncio diz tudo.

Movimentação

Com a ida de Gean Loureiro para o Democratas, Gigante Buligon em Chapecó e a investida de JPK em Blumenau, o partido fica bem posicionado na discussão eleitoral do ano que vem. A entrada de Kennedy Nunes é certa no momento certo. O deputado não tem ido no almoço da bancada.

Fora

Na semana passada, o ex-governador Colombo, presente na Alesc, participou do almoço da bancada do PSD e convidou Kennedy Nunes quando, encontrando-o no saguão da Casa, buscou mantê-lo no time. O parlamentar de Joinville, educadamente, retirou-se e foi almoçar com Gelson Merisio.

Desenho

Em Itajaí as lideranças de Anna Carolina e João Paulo estão se acertando em um entendimento com as digitais de Gelson Merisio. A tucana e o Progressistas fizeram, respectivamente, 35,87% e 27,52%, contra 36,62% de Volnei Morastoni. O prefeito ulyssista está trabalhando sem medo de bicho-papão.


Definição

O que impede a ida de Rodrigo Coelho para o partido do presidente é a certeza de que o Aliança não fica pronto para o processo eleitoral. O deputado federal é afinado com todos os movimentos do governo Bolsonaro na Câmara. Atua na linha de frente com pontuação no controle de gastos e bandeiras.

Climatizado

Em camisa de força pela truculência do presidente nacional do PSB, Rodrigo Coelho está animado em disputar o processo eleitoral pelo Podemos se, livre, conseguir sua liberação pela Justiça Eleitoral. O deputado federal está bem com o empresariado e é nome da oposição a Udo. Falta o vice dos bairros.

Marcados

Fernando Krelling aposta em uma sensibilidade do deputado federal para compor em sua chapa a prefeito. Rodrigo Coelho está fora desta equação porque se vê descontaminado do desgaste de Udo Döhler que pode ser um fator principal em 2020. O deputado estadual ulyssista tem a missão de se livrar do peso.

Plenitude

A Defensoria Pública é a maior ferramenta de acompanhamento jurídico à disposição do cidadão. Várias são as frentes de trabalho para atender a sociedade dentro da indiferença do Estado. Este ano, contabilizado até setembro, são mais de 600 ações. Um serviço respeitado que garante atenção a quem é ignorado.

Voz

A competente jornalista Valquiria Guimarães, que dá eco às ações da entidade, apresenta números impressionantes em favor da garantia da Educação Infantil em vários municípios de SC. Porta-voz nesta luta, a firme posição de Ana Carolina Dihl Cavalin e Ralf Zimmer Junior, pela Associação, garante direitos esquecidos com a força da Defensoria.



Alesc - Outubro - Mobile
Floripa - Um novo amanhã - Mobile
Essenciais de Verão
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro