Close Menu

Busque por Palavra Chave

Guarujá - SP - Mobile

Entrevista | Geovania de Sá prioriza eleições municipais, fala sobre machismo e enaltece Doria

Por: Marcos Schettini
05/12/2019 17:05

Deputada federal em segundo mandato, a parlamentar de Criciúma tem conquistado um espaço de destaque dentro do PSDB e na Câmara dos Deputados. Articulada e com benção dos evangélicos, Geovania segue uma cartilha de trabalhos que tem dado resultados importantes em sua vida pública. Recém-eleita presidente da sigla em Santa Catarina, a deputada concedeu uma entrevista exclusiva ao jornalista Marcos Schettini e se diz focada nas eleições municipais. Ainda, falou de João Doria, Sergio Moro e Carlos Moisés.

Marcos Schettini: Qual desafio a senhora tem pela frente com todas as atividades que realiza?

Geovania de Sá: Os desafios sempre foram grandes e muitos, mas creio que estar próxima às principais lideranças tucanas nacionais vai ajudar o partido no Estado. Além disso, já desenvolvo um trabalho em todos os municípios catarinenses, buscando demandas com as lideranças tucanas. Agora, também, trabalharemos no fortalecimento do PSDB em todas as cidades.

Schettini: O que PSDB perdeu ou ganhou desde a eleição do ano passado?

Geovania: Identificou o que precisa ser mudado, onde e como precisamos trabalhar ainda mais. Foi praticamente um impulso para voarmos mais alto em 2020.

Schettini: Há lideranças afirmando que o governador João Doria é precoce na vida pública. Como a senhora vê o desempenho dele?

Geovania: Ser precoce na vida pública não o impediu de ter um modelo de gestão fantástico e que já é referência no Brasil.

Schettini: O ministro Moro já caiu na teia política. Ele tem futuro ou só o tempo vai dizer?

Geovania: Só o tempo.

Schettini: Vinicius Lummertz e Gelson Merisio são as apostas do PSDB depois da saída de Napoleão Bernardes. Qual é o peso para 2020 olhando 2022?

Geovania: Ainda estamos focados nas eleições municipais do próximo ano. Eles certamente chegaram para agregar conhecimento e força neste momento.

Schettini: A senhora tem um desempenho forte na Mesa da Câmara. Como enfrenta o machismo?

Geovania: O machismo existe em qualquer âmbito e é lamentável. Mas, conforme vamos trabalhando, acredito que conquistamos ainda mais respeito e confiança. A mulher é a maioria de eleitores em nosso país e precisa, sim, ser representada, inclusive na Mesa Diretora da Câmara Federal.

Schettini: O Governo Bolsonaro tem colocado quadros que negam a história em várias repartições públicas. O presidente é sério ou brincalhão?

Geovania: Brincadeiras costumam ser engraçadas e estas atitudes não causam apenas risos. Muitos as lamentam.

Schettini: A bancada evangélica é contra a abertura dos Cassinos. Por quê?

Geovania: Não somente a bancada evangélica. Muitos acreditam que jogos de azar não têm algo a acrescentar a nossa sociedade e às famílias.

Schettini: Clésio Salvaro busca a reeleição em seu terreno eleitoral. Perder ou vencer significa o que no seu projeto futuro?

Geovania: Como disse anteriormente, o foco, neste momento, são as eleições municipais. Estamos com ele no que for preciso. Clésio contará com nosso apoio e se manterá à frente desta importante cidade catarinense. É outro modelo de gestão tucana que dá certo. Os próprios munícipes avaliam desta forma. Pesquisas apontam isso.

Schettini: Seu trabalho tem sido forte dentro e fora do PSDB de olho nas municipais e estaduais. Marcos Vieira não ir à convenção é o primeiro boicote?

Geovania: Marcos Vieira sempre quis o bem do partido. Muito já trabalhou e conquistou pelos tucanos catarinenses e somos imensamente gratos a ele. Acredito que tenha havido choque de agenda ou precisou resolver uma questão pessoal. É compreensível.

Schettini: Como a senhora vê o governo Moisés independente de Bolsonaro?

Geovania: O governador está tentando implantar o seu modelo de gestão. Se vai dar certo, só saberemos lá na frente.


Segurança Pública - Estelionato - Mobile
Alesc - Outubro - Mobile
Fiesc Outubro - Mobile
Zagonel - Outubro - Mobile
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro