Close Menu

Busque por Palavra Chave

Li, Vi e Ouvi | Bens imateriais, açúcar em excesso e alimentação balanceada

Por: João Lamarque de Almeida
06/01/2020 09:00

Bens que o dinheiro não compra

Muitas brigas em família acontecem por causa de bens materiais, irmãos, primos e até mesmo pais e filhos ficam anos sem se falar por causa de heranças, imóveis, joias, pensões, carros e um monte de outras coisas pelas quais não vale a pena brigar. O coração que se deixa seduzir pelas riquezas materiais se torna morada fácil para o ódio e o egoísmo, dois sentimentos que levam a pessoa para o inevitável caminho da solidão e da infelicidade. A vida é muito curta para ser empenhada em coisas passageiras.

Cuidado com o açúcar

As frutas são ricas em frutose, um açúcar de grande poder adoçante. Quanto mais doce a fruta for, provavelmente mais frutose contém. Mas afinal, qual é o problema? Na verdade, o ponto de atenção está na frutose presente em alimentos processados, em quantidades muito altas e não na mesma substância na composição de frutas in natura. Excesso pode provocar acúmulo de gordura no fígado, prejuízo na sensibilidade à insulina (que pode levar ao diabetes), aumento da pressão arterial, entre outros.

Frutas e verduras

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda de três a cinco porções diárias de frutas e verduras, que devem ser consumidas ao menos cinco vezes na semana. Atende-se apenas às qualidades recomendadas pelo seu nutricionista.

Pensamento

“Há inúmeras viagens nas páginas de um livro”.

- Gonçalves Ribeiro

Palhoça Você em Dia - Mobile
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro