Close Menu

Busque por Palavra Chave

CPI da Balada; Nota de Paulo Eli; Sindifisco mantém; Clésio formatado; Gean Fevereiro; 150 anos de Tubarão; Beto Martins olha 2022

Por: Marcos Schettini
16/01/2020 14:41 - Atualizado em 16/01/2020 14:42

Agora SC sabe quem é o governador

Carlos Moisés está longe, muito longe que se imagina, de ter a altura do presidente da Alesc. O que diferencia ambos é a capacidade de articulação. Se o segundo nasceu dentro da cabeça de Jorge Bornhausen, o primeiro não tem origem que possa observar um registro. Possa ser que, por isso, não tendo nenhuma pista que lhe carimba grandezas, tenha sofrido, já no início do seu 2° ano de governo, o pedido de impeachment. Na cabeça de quem age com olhares militares, isto é, de cima para baixo, imagine-se suficientemente inatingível. O quadro vai piorar, Julio Garcia é muito mais que o marido de Késia imagina. É político de primeira linha porque, galho da árvore JKB, é mestre em esperar o tempo certo. O chefe do Legislativo sabe que, quando voltar ao trabalho em fevereiro, o documento do pedido de impeachment vai já estar completamente estudado. O ex-funcionário de Lucas Esmeraldino não entende absolutamente nada porque, como foi escrito no início, se não tem origem, seu passaporte foi um achado. O morador da Casa d’Agronômica é mais conhecido pelo pedido de cassação que vive agora que sua chegada aonde hoje se encontra. Até porque, naquele outubro em que o eleitor afirmava “17 em tudo” ninguém sabia de sua existência. Teria que agradecer ao Ralf Zimmer Júnior pelo feito. Foi por esta iniciativa que agora, neste momento, ele é verdadeiramente conhecido.


CPI

Kennedy Nunes deverá entrar com pedido para saber das festas que transformou a Casa d’Agronômica em uma boate no final do ano. 2020 começou suado e com insônia para Carlos Moisés. Se Jessé Lopes defende o assédio, também inferniza a vida do governador. Os deputados do PSL do Sul gostam mesmo de se encrencarem com as mulheres. Se não é pegação no Carnaval, é BO em delegacia.

Manifestação

O secretário da Fazenda, conforme anexo, enviou sua versão sobre a camisa de força que os agentes da fiscalização do Estado vivem hoje com retirada dos subsídios de trabalho. Paulo Eli afirmou que, ao contrário, os repasses para agilizar as atividades vão ser revistos e melhorados. O quadro dentro do Sindifisco é cinzento.


Abaixo, Nota Oficial do secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, sobre a coluna publicada na quarta-feira (15):

Nota Oficial Paulo Eli.pdf


Fidalgo

Não há dúvidas do comportamento educado de Paulo Eli. É, não apenas pela importância da pasta, mas o melhor secretário no corpo do governo. Por sua experiência demonstrada e a história que carrega, vai ser o porta-voz da categoria que pertence. Os fiscais da Fazenda reconhecem e, por isso, aguardam solução.

Paralisia

O Sindifisco é o maior braço para a garantia da arrecadação, combate à corrupção e instrumento eficiente que sustenta o Cofre público. Carlos Moisés não tem conhecimento da área. Uma camisa de força nesta célula é atirar no próprio peito. Se julho confirmar a ferrugem no Tesouro e os salários atrasarem, este governo acabou.

Acendeu

Gean Loureiro e João Batista Nunes foram a Jurerê em trevas e deixaram luz. Aquela praia antes às escuras, agora é passado. O prefeito garantiu segurança e beleza àquele pedaço da ilha de todos os catarinenses com ato político que eleva sua já reconhecida força junto ao eleitorado. O prefeito de Florianópolis, até na oposição, ganha respeito.

Carnaval

Se a esposa de Gean é a parceira que suporta a intensa agenda de trabalho do marido, Cintia que se prepare. O filho de Judite e Aguinaldo Loureiro vai para o Super Fevereiro como dezembro. Com aliados, apita a bateria da escola de samba Unidos Pela Reeleição em uma agitação dos blocos de todas as Secretarias. Serão inaugurações todos os dias. Na 1° semana de março, descansa e entrega a Cadeira para João Batista Nunes.

Resultado

Joares Ponticelli iniciou a construção de sua reeleição no início de 2019 ao lado de Caio Tokarski, o vice gol olímpico. O prefeito de Tubarão tem R$ 110 milhões em investimentos nas obras de saneamento básico, educação e infraestrutura que entram no calendário dos 150 anos da cidade em maio. A comissão destas atividades já foi criada.

Enfrentamento

O melhor de Ponticelli neste momento, é um médico do MDB que fala o que sabe, mas não sabe o que fala. Ele ataca o exército de médicos que atua e soma índices de 93% de positivo na população. Joares tem ignorado os ataques porque faz parte do jogo. Depois de entregar a presidência da Fecam para o PSDB, não sai mais de Tubarão até outubro.

Sério

Clésio Salvaro tem em sua mesa de trabalho uma tela com traços, em várias cores, sobre a cidade e o interior de Criciúma. O que chama a atenção é o azul. Ali registra o que fez em asfalto no município. São quase 600 km de pavimentação, mais que a distância entre Chapecó e Florianópolis. Pintou a terra de Eduardo Pinho Moreira de preto.

Ele

Jorge Boeira só disputa a Prefeitura de Criciúma se Clésio ficar impedido, como raciocina, de disputar o chamado 3° mandato, que é ignorado até mesmo pela Justiça Eleitoral. Por ter assumido 42 dias em 2015, logo que retomou o governo por força da Justiça, interpreta-se que, por isso, este mandato já é de reeleição. A tese morreu e Salvaro disputa em outubro.

Fora

Beto Martins virou as costas para outubro. Não quer saber de eleição em Imbituba. Está focado nos negócios privados. No dia 12 de março inaugura uma superestrutura na fábrica de fertilizantes em uma agenda de trabalho intensa. Está convidando desde Carlos Moisés aos parceiros da vida pública que desenhou. Suplente de Jorginho Mello, está olhando 2022.

Desenho

Jorginho Mello é o candidato de Jair Bolsonaro em SC. O senador recebe elogios por sua atuação em Brasília do próprio presidente da República, Sergio Moro e, agora, Paulo Guedes. Beto Martins sabe que o parceiro de chapa com Ivete Appel da Silveira pode chegar em 2022. O tucano de Imbituba só observa. Se der como imagina, vai para o Congresso Nacional.



Palhoça Você em Dia - Mobile
Covidômetro - Florianópolis - Julho
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro