Close Menu

Busque por Palavra Chave

Na Essência | Os alagamentos são os reflexos

Por: Júnior Chisté
14/03/2017 09:16 - Atualizado em 31/08/2020 10:45

Xaxim convive há muitos anos com os alagamentos em vários pontos da cidade. Rua Farrapos, Plínio de Nês, Rua Vista Alegre, Bairro Vargas e outros. São aqueles problemas onde um prefeito apanha uma vassoura, dá uma varrida e joga o grosso da sujeira em baixo do tapete. Fico me perguntando, mas foram quase 20 milhões de reais investidos em saneamento básico no ano passado em recursos federais à Xaxim, esses problemas não tiveram solução? Passou-se Cézar Fonini, Lírio, Tinho, Orso e as inundações continuaram. O que eu sei é que inúmeros loteamentos são autorizados e comercializados a cada ano, que inúmeros edifícios são construídos, como está ficando o planejamento sob os nossos pés? No último domingo, com um pouco mais de 30 minutos de chuvas, vimos muitas ruas se transformando em verdadeiros rios, casas sendo invadidas pelas águas mais uma vez.

Quando se pensa em uma cidade, quando se pensa em uma administração, não é somente em cortar gastos, em buscar recursos, mas sim em encontrar alternativas e solucionar problemas, principalmente se estes atormentam a vida de dezenas de famílias há anos. Que se reúna os técnicos, equipe de engenheiros da prefeitura, que se faça projetos e que se busque recursos para finalmente revermos o problema das enchentes em nosso município. Somente para as famílias que tem a suas propriedade invadidas pelas águas da chuva sabem o tormento por que passam.

Acredito sempre que por mais difícil que seja o problema sempre haverá decididamente uma solução, mas que se comece agora, que sejam fomentadas iniciativas e para que essas venham a sanar esses alagamentos que por muitas vezes fazem com que famílias e empresas tenham que voltar atrás por várias vezes em suas vidas e recomeçar, o que certamente não pode ocorrer. Famílias e empresas devidamente instaladas merecem como qualquer outras serem e terem total infraestrutura vinda do município, precisam sim deste amparo legal, caso contrário residir, constituir moradia aqui acaba sendo uma aventura a cada chuva torrencial.

Antes que esta coluna seja finalizada é importante escrever algo tão ou mais importante que uma decisão administrativa, que cada município também faça sua parte, não jogando lixo em terrenos baldios, realizando de forma ideal a coleta do lixo que é produzido na sua casa, educando seus filhos para reciclarem latas, papéis, sacos e demais materiais desde pequeninos, enfim cuidando do ambiente em que vivemos. Muitos desses alagamentos são provenientes do descaso da população com a irresponsabilidade do lixo jogado na rua, nos riachos ou em qualquer lugar. Precisamos também fazer a nossa parte!


Covidômetro - Florianópolis
IPTU São José - 2021
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro