Close Menu

Busque por Palavra Chave

Moisés e Brasil certos; Júlia Zanatta brincando; Antídio pulso firme; Gigante iluminado; Sindifisco humano; Darci de Matos atento; Pelo fim das eleições

Por: Marcos Schettini
31/03/2020 13:06 - Atualizado em 31/03/2020 13:06

Pelo fim das eleições de 2020

Todos os prefeitos, sem exceção, estão preocupados com a queda na arrecadação. Estão tirando da própria paciência e insônia, a atenção para oferecer aos seus comandados. Ser líder municipal com a oposição do coronavírus, fortalece o verbo fácil da oposição em cada município. Eles narram a pressão dos seus adversários, que se utilizam de membros da sociedade para tomar decisões perigosas como a abertura do comércio. Sabem que a oposição se aproveita para dizer que não tem remédio, falta de infraestrutura, que cai forte no eleitor. O TSE deve pegar os recursos disponíveis para a realização do pleito e enviar para combater a doença. Já que se fala tanto de eleições unificadas, este é o melhor momento. O Brasil não é os EUA. Ao contrário, é um país frágil, deficitário em todos os setores de atenção ao cidadão. Jogar dinheiro público neste inferno, é alimentar o diabo. O Brasil vai sair destruído depois que vencer o assassino invisível. Quanto mais unidade, mais fácil para crescer como Nação.


ATAQUE
Carlos Moisés está sendo metralhado pelo coletivo eleitoral do Bolsonaro como que Jesus no calvário. O então candidato a governador havia dito que era o nome do presidenciável em Santa Catarina e venceu o pleito sem sair de casa. Agora bebe do veneno.



REAL
O eleitor do Bolsonaro atira no peito de Jesus Cristo e ri da agonia que a cena oferece. Não estão preocupados com o sangue expelido ou as carnes penduradas pela pele. Seguem o seu líder em qualquer circunstância. Se amanhã o presidente ajustar com o mundo, vai também.


CONTRÁRIO

Todos os chefes de Estado, à exceção de Bolsonaro, defendem as medidas de isolamento social. Até mesmo os ministros da Saúde e da Economia, Mandetta e Guedes, assinam o confinamento. Isolado nas convicções, chega no portão e vê o cachorro latindo.


MOVIMENTAÇÃO
Cláudio Vignatti vai mexer forte para produzir efeito a favor de sua ida ao PSB. Presidente do partido, vai levar vários quadros. Em Blumenau, o PT vai perder vereadores. Mafra, Capivari de Baixo, Morro da Fumaça e Imbituba, vai alinhar. O prefeito Rosenvaldo Júnior já está definido.



CORTE
Claro que a ida do esposo para a presidência do PSB de SC tem que ter, também, a esposa. A vereadora Marcilei Vignatti, desconfortada dentro do PT, estava desembarcado há tempos. O partido de Lula da Silva vem prejudicando Cláudio há tempos.



EQUIVOCADA
Júlia Zanatta, caindo na fácil recomendação de Jair Bolsonaro, foi pedir para que uma carreata fosse realizada em Criciúma. Oportunista equivocada, queria provocar uma reação política dentro dos carros de luxo que imagina se identificaram. Ninguém correspondeu ao estacionamento e a infeliz iniciativa morreu.



ELES
Daniel Freitas, o deputado contaminado com o coronavírus, deveria ser o primeiro a condenar a iniciativa infeliz de Júlia Zanatta. Ele, mais do que ninguém, sabe consequências de desrespeitar as normas de confinamento. O parlamentar, embora seja do ninho bolsonarista, não pode ser hipócrita.



FATO
A ignorância de Júlia Zanatta mostra todo o despreparo que ela tem para liderar pessoas. Sua atitude não é somente irresponsável e tola, agride os movimentos mundiais de líderes das Nações. Inclusive Trump, que recuou e mandou ficar em casa. Zanatta escorrega na própria ignorância.


VIDAS
Candidata de Jorginho Mello a prefeita, até o senador deve estar arrependido. Ele mesmo, por pouco, não foi contaminado na viagem aos EUA que, sabe-se, teve 23 positivos. Júlia quer fazer média com o pessoal do comércio, mostrando sua infantilidade e falta de respeito com a vida. Perdeu respeito.



OUTRO
Elefante ferido, Jessé Lopes fez barulho para abrir o comércio que o mundo condena. O que fica claro é que estes deputados bolsonaristas devem ser levados para estudo cerebral. Não devem, pela sanidade mental, ter controle sobre ele.



FIRMEZA
Gean Loureiro saiu forte na decisão tomada na semana passada. Ao manter o ilhéu confinado pela força de suas atitudes, tomou uma posição que pode ter influência direta no processo eleitoral se for confirmado o sufrágio para outubro. Mostrou autoridade.



RESPEITO
Esperidião e Angela, pelo respeito adquirido ao longo da vida, se mantêm silenciosos quanto à questão do isolamento. O senador, por ter sido prefeito e governador, sabe da dificuldade de tomar decisão neste momento. Pela mente brilhante e sã, faria o mesmo.


PARABÉNS
Antídio Lunelli, o controverso prefeito de Jaraguá do Sul, empresário bem-sucedido, tem tomado posições firmes e corretas para manter a diretriz de salvar pessoas. Defensor pleno de Jair Bolsonaro, olha a ciência para decidir pelas pessoas. Ganha respeito e altivez pela credibilidade.



RESPONSABILIDADE
Gigante Buligon, alinhado ao governador, segue as mesmas diretrizes de serenidade e respeito às orientações da OMS. Embora seja esfaqueado pelo coletivo doentio incurável de Chapecó, fica firme e iluminado. Um cidadão além de prefeito.



PATÉTICO

O empresário do ano em Chapecó, José Tessari, que é alinhado à deputada Caroline De Toni, mantém sua patética indiferença com o coronavírus. Um sujeito sem as mínimas leituras de respeito à saúde do cidadão. Mantém-se afrontando, talvez, porque o vírus não matou ninguém do seu círculo.


SOLIDARIEDADE
Sindifisco enviou mensagem aos associados chamando todos para cerrar fileiras em favor do desafio de chegar a 70 mil reais para a compra de cestas básicas para sensibilizar com viárias famílias. Cada vez que um agente banca um, a entidade entra com outra. Zeca Farenzena cidadão do mundo.



ATENÇÃO
Darci de Matos entrou com projeto para suspensão dos pagamentos de empréstimos consignados enquanto durar o inferno do coronavírus. Isso quer dizer que, durante o Estado de Calamidade Pública, a pessoa física dorme melhor. O deputado federal sabe que banco, não sendo amigo de ninguém, arranca as vísceras sem dó.



Semasa Itajaí
Alesc - Novembro
Unochapecó
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro