Close Menu

Busque por Palavra Chave

Li, Vi e Ouvi | Juventude, depressão e entes públicos

Por: João Lamarque de Almeida
06/04/2020 10:19

Juventude e vida adulta

As sociedades têm formas de marcar a transição simbólica da infância à vida adulta. Ritos de passagem não práticos ancestrais que caracterizam a “morte” simbólica da criança seguida do nascimento social do adulto. Nas sociedades contemporâneas, o aspecto ritual que envolve a transição à vida adulta e mais sútil. Os ritos de passagem ritualísticos são substituídos por marcadores simbólicos de autonomia e de desenvolvimento que confirmam a mudança de status social dos jovens. São exemplos desses marcadores sociais; obter a chave da casa, frequentar eventos noturnos, tirar a licença de motorista, alistar-se no Exército, ingressar na universidade e obter o primeiro emprego.

Mania ou depressão?

Descobrimos uma via molecular para tratar esse processo de envelhecimento acelerado. Está se desenvolvendo um tratamento em parceria com o Instituto Pasteur, da França, há uns quatro anos, para retardar essa mortalidade que é aumentada em duas vezes, em pacientes que têm estes transtornos, mas não são tratados. Contudo, é importante ressaltar que, apesar das químicas do cérebro estarem alteradas, a mortalidade pode ser resgatada e equilibrada novamente. A mensagem que trazemos é que sempre há um bom momento para tratar e prevenir episódios de mania ou depressão.

Farinha pouca, meu pirão primeiro

Eterna briga entre União, estados e munícipios, o pacto federativo estabelecido na Constituição da República de 1988 prevê a participação dos recursos públicos originados da arrecadação de impostos. Os estados têm como fonte principal de recursos tributários o IPVA e o ICMS; os municípios, o IPTU e o INSS; e a União o IR e IPI. Entretanto, como a arrecadação da união é maior esta deverá, em decorrência de lei, fazer repasses para os estados e municípios. Em tese, quando o cinto aperta, a União retém esses repasses obrigatórios, quando grandes dividas para com os estados e os municípios que acabam arcando sozinhos com saúde e educação.

Pensamento

“Se você adicionar um pouco ao pouco e fazê-lo com frequência, se tornará muito em breve”.

- Hesíodo.


Anúncio Radial 2
Campanha Infraestrutura - Mobile
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Campanha Santur
Rech Mobile
Alesc Facebook - Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro