Close Menu

Busque por Palavra Chave

Último Cenário | Alesc pode decidir sobre volta às atividades

Por: Marcos Schettini
07/04/2020 16:56 - Atualizado em 07/04/2020 17:35
Mauricio Vieira/Secom

As recomendações do MPF, MPSC e MPT, fazendo um monitoramento das dificuldades de leitura técnico-científica por parte do Governo Federal, colocaram Carlos Moisés em uma decisão de impasse.

Como é nascido profissionalmente nos Bombeiros, lugar em que ganhou ensinamentos de operação de salvamento, tem vontade, mas tropeça nos conhecimentos científicos. Ele não tem nenhum quadro real, domínio de números ou posição clara para afrouxamento da quarentena ou endurecimento.

Pelo fato dos Ministérios Públicos, Federal, Estadual e do Trabalho evitarem que não pode haver retorno às atividades, é justamente pelo fato do Estado não ter nenhum mapa da crise, isto é, hospital de campanha, números de leito, respiradores, profissionais, capacidade dos hospitais.

Diante disso, isolando-se nas lives, lugar em que só fala de aumento de contaminação, sem ter um técnico ao lado, nem um cientista, o prefeito da Capital, membros do corpo hospitalar de SC, tudo que o governador fala são hipóteses sem base nenhuma.

Por isso que o deputado Jessé Lopes apresentou hoje um projeto na Alesc que dá 10 dias para que Moisés apresente um plano geral de ação. Se não ocorrer até a próxima quinta-feira, a Assembleia Legislativa pode sustar os decretos fazendo com que todos os setores do Estado voltem à normalidade.


Alesc - Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro