Close Menu

Busque por Palavra Chave

Médico André Mota Ribeiro assume Secretaria de Estado da Saúde com 2.623 casos de Covid-19 em SC

Por: LÊ NOTÍCIAS
04/05/2020 21:10
Doia Cercal/Secom Novo secretário da Saúde de Santa Catarina, Dr. André Motta Ribeiro Novo secretário da Saúde de Santa Catarina, Dr. André Motta Ribeiro

O governador Carlos Moisés anunciou nesta segunda-feira, 4, que o médico André Motta Ribeiro será o novo secretário de Estado da Saúde. Ele atuava como secretário adjunto da pasta. A confirmação do nome será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) ainda nesta noite.

André Motta é médico e possui pós-graduação em administração hospitalar. Segundo o governador, o novo secretário acompanhou toda a montagem da atual equipe da Saúde e está desde o início da pandemia do novo coronavírus focado no aparelhamento da rede hospitalar catarinense para fazer frente à demanda. Ele lembrou que, desde a metade de março, o Estado já criou 381 novos leitos de UTI.

“O doutor André tem a envergadura necessária para continuar esse trabalho de expansão dos leitos. Muita coisa boa foi construída e ele dará continuidade ao que foi feito. Conta com a nossa total confiança e terá autonomia para gerir a pasta”, declarou Carlos Moisés.

Motta agradeceu ao apoio do governador e destacou que a ocupação dos leitos de UTI por conta da Covid-19 tem permanecido estável ao longo das últimas duas semanas. De acordo com o novo secretário, é necessário que não se perca o foco no enfrentamento à pandemia.

“Estamos aqui para dar continuidade ao trabalho altamente qualificado realizado até aqui. Vivemos um momento de adversidade e todo o foco precisa estar em expandir a nossa rede hospitalar para que nenhum catarinense fique sem o tratamento adequado”, diz o novo secretário.

Conheça o novo secretário de Estado da Saúde

Nascido na cidade de Cachoeira do Sul, André Motta Ribeiro se formou em Medicina pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) no ano de 1990. É pós-graduado em Administração Hospitalar pela PUC da cidade de São Camilo (RS), em 1993. Atuou como médico nos estados do Rio Grande do Sul e Bahia.

Chegou a Santa Catarina em novembro de 2004. Trabalhou na Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis. Exerceu também o cargo de Diretor Técnico da Secretaria Municipal de Saúde de São José no ano de 2008. No Governo do Estado, foi regulador estadual de leitos e UTI e, nos últimos sete anos, foi médico de emergência e preceptor na Clínica Médica do Hospital Governador Celso Ramos. Em julho de 2017, assumiu a Coordenação Estadual do SAMU, onde permaneceu até o final de 2018 – quando recebeu o convite para ser secretário-adjunto.

Como adjunto, ajudou a implementar a política hospitalar catarinense e instituiu o Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) para o combate à pandemia do novo coronavírus no dia 13 de março. No COES, contribuiu para o aumento da capacidade hospitalar preexistente no Estado de Santa Catarina em mais de 45%, com a ativação de 381 novos leitos de UTI.

Casos em SC

Santa Catarina tem 2.623 pacientes com confirmação de infecção pelo novo coronavírus. O número foi divulgado pelo governador Carlos Moisés em entrevista coletiva online nesta segunda-feira, 4. A doença respiratória já causou 55 mortes no estado desde o início da pandemia. Os três casos mais recentes são de um homem de 52 anos, de Concórdia, sem comorbidades registradas, um homem de 80 anos de Florianópolis e uma mulher de 82 anos que morava em Joinville, ambos faziam parte do grupo de risco.

O número de municípios com casos confirmados é 142, oito a mais que na última atualização diária. O local com a maior quantidade de pacientes com Covid-19 é Florianópolis, que soma 353 casos. Na sequência, aparecem Blumenau (241), Joinville (204), Chapecó (167), Criciúma (141), Braço do Norte (101), Balneário Camboriú (101), Itajaí (100), Concórdia (93) e Camboriú (74).

Um total de 112 pacientes está em leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) nas redes pública e privada em Santa Catarina, entre casos confirmados de Covid-19 (60) e suspeitos (52). A ocupação de UTIs reservadas para pessoas com infecção por coronavírus pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é de 16,7%. Atualmente, são 498 leitos no total. A recuperação evoluiu bem para 215 pacientes que deixaram a UTI e foram para leitos de enfermaria.


Outras Notícias
Anúncio Radial 2
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Campanha Santur
Rech Mobile
Alesc Facebook - Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro