Close Menu

Busque por Palavra Chave

Transparência Criciúma

Na Essência | O que você fez de especial pela última vez?

Por: Júnior Chisté
24/03/2017 08:51 - Atualizado em 31/08/2020 10:57

Os aviões possuem o piloto automático, os automóveis possuem essa mesma ferramenta. Um amigo meu tem um carro e diz ele, gosto de ir à Chapecó nos finais de semana, bem tranquilo, programa meu carro nos 80 quilômetros por hora e vou sossegado.

Acontece que a nossa vida está no piloto automático. Tudo que fazemos desde os primeiros instantes em que despertamos é exatamente cultivar os mesmos hábitos de ontem.

Os mesmos caminhos, a mesma rotina, o mesmo jeito para tomar o banho, para vestir a calça, para escovar os dentes e fechar a porta.

Com isso nossa mente acostuma-se com o que é mais fácil, ou seja, fazer sempre tudo da mesma forma, simples assim.

Entende porque agora é tão difícil inserir novos hábitos em nossa vida?

Mas vamos ao título de minha coluna de hoje, "o que você fez de especial pela última vez?"

Há quanto tempo não sai com seu filho ou filha para um passeio, só você com eles, um papo olhando o horizonte, um debate sobre família, sobre o Brasil, sobre a vida, o que ele ou ela espera do amanhã.

Há quanto tempo não convida sua esposa para uma noite especial, não lhe manda singelas flores, não lhe compra um simples par de sapatos, um chocolate, só porque hoje "você se lembrou dela"?

Quanto tempo não corre na chuva? Não anda de bicicleta, não caminha pelo mato, não fica acordado uma noite inteira conversando com as estrelas e a lua?

A sua vida não vai mudar nunca se você não mudar, se você não muda suas atitudes. Você mudando o mundo a sua volta vai mudar, parece simples mas exigirá força e foco de sua parte.

Parece todas frases de auto-ajuda, meros clichês, coisas do dia-a-dia, mas me acreditem. Famílias estão sendo destruídas, pessoas levadas ao desespero porque simplesmente não possuem reação nenhuma.

Todos os dias, fazem exatamente as mesmas coisas há anos, automatizaram suas mentes e hoje não conseguem tomar decisões, se veem no meio de um lamaçal e não conseguem saber onde começar, por onde iniciar o contorno deste desenho mal feito e que nem colorido foi.

O reflexo não é somente a separação, mas filhos ansiosos e imprevisíveis. Porque há tantos adolescentes com Ritalina?

Porque há tantas pessoas escolhendo não mais respirar?

Quando você começa a se dar conta que está agindo errado e que são as suas atitudes comportamentais é que farão a diferença, somente neste patamar você entenderá o que minha coluna de hoje quis dizer.


Transparência Criciúma 2
Anúncio Radial 2
Palhoça Parques
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro