Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

Firme no objetivo eleitoral

Por: Marcos Schettini
28/03/2017 09:19 - Atualizado em 28/03/2017 09:19

Gelson Merisio já é considerado pelas lideranças que o observam, como o nome com altura para ser, no ano que vem, o nome ideal para abraçar a missão sucessória estadual. Destemido pela demonstração de construção desta trajetória e, mais do que isso, corajosamente articulado com as forças que entende serem necessárias para edificar esta guerra eleitoral, o deputado já tem o perfil que anuncia seu caráter de estadista. À toa não é que, sem sua presença em um evento de qualquer natureza econômica, o barulho é menor, menos brilho, mais fraco. O comentário de sábado, por várias vezes entre os presentes é que, munido de formação e poder de convencimento, além de apoios singulares de entidades em todas as regiões do estado, há um clima de reconhecimento de sua liderança para ser o futuro, passando pelas urnas, governador de SC.


Então

A mobilização para mostrar a força da produção animal e a sua industrialização surtiu o efeito que, em tese, era desnecessário. O movimento foi elogiado, ganhou o mundo e, mesmo antes de acontecer, já dava sinais de que a reversão estava acontecendo.

Tese

Mais que uma demonstração e que a carne brasileira é da melhor qualidade, é começar a discutir o papo real da imprensa nacional. Elas, motivadas em redes, comandam uma Nação inteira e, se desejarem, destrói o que quiser. É hora de discutir a participação da informação.

Pequena

A quantidade de pessoas que estavam no movimento de sábado pela manhã, mês o vista como um mínimo de presentes, não tinha como ideal fazer um chamamento de toda SC, mas mostrar ao mundo que o Estado é singular em ponta de proteína animal.

Cadê?

O que aconteceu com o Movimento Brasil Livre e Vem Pra Rua que, na manifestação de domingo, mostrou sua fragilidade e oportunismo barato que marcou a derrubada de uma presidente eleita? Perderam o foco ou o financiamento acabou?

Onde?

Cadê os membros dos dois movimentos da burguesia de extrema direita que, amparado em um farsante como o Paulo Skaff, aquele delatado com o bolso cheio de propina das empreiteiras que, com um Pato, desfilou pedindo o golpe na Av. Paulista?

Ela

Por onde anda a suplente de vereadora Caroline de Toni que, fazendo 1589 votos à custa de um movimento golpista brasileiro, não fez mobilização em Chapecó? Não vão pedir a cabeça do Paulo Skaff, o corrupto da Fiesp? Por que não?

Lembrança

O Paulo Skaff e os provavelmente grupos financiados, MBL e VPR, que colocou um rio de Patos Amarelos em frente ao Congresso Nacional, falando que a sociedade não iria pagar o pato, vai deixar o empresariado pagar tais impostos?

Impostos

O anuncio de que Michel Temer quer aumentar mais impostos para fazer ajustes no país pegou, quem trabalha, empresário e trabalhador, novamente como o pato amarelo. O interessante que o MBL e o VPR não deram um pio condenando a atitude do golpista.

Ele

O empresário Orly Bernardes que ajudou a fazer o barulho em Chapecó para o Carne Forte, também o fará em Xaxim onde tem um leque de produtores e uma unidade da Aurora. Como presidente da Aciax, vai promover o mesmo debate na Pequena Queda D’água.

Forte

Mostrou força o momento do Carne Forte por três motivos evidentes. Primeiro pela mobilização que, instantânea, aconteceu no estalar dos dedos. Depois a presença de todos os partidos e, mais do isso, o empresariado e sindicatos unidos.

Atenção

O movimento de sábado mostrou o quanto é importante representatividade nas esferas do Poder. O Oeste de SC está construindo o rumo eleitoral em busca da Cadeira de governador e, mais do que nunca, isso ficou demonstrado no evento Carne Forte.

Discrição

Gelson Merisio está, aos poucos, assumindo seu perfil de nome com potencial e focado neste objetivo. Se as lideranças que estavam presentes no evento de sábado, confirmarem isso em todas as movimentações possíveis, a Cadeira é do Oeste.


Falei

“Este é um momento para mostrarmos o nosso respeito e responsabilidade com o que produzimos”.

Marcos Barbieri, presidente do Sicom, no evento Carne Forte.


“Temos áreas livres de doenças sem vacinação e uma produção respeitada de proteína animal, por isso estamos aqui”.

João Rodrigues, deputado federal, na reação do Carne Forte.


“Isso é uma mentira, um golpe contra nossa economia”.

Luciane Carminatti, deputada estadual, referindo-se à qualidade da carne brasileira e de SC conquistou os mercados internacionais justamente pela responsabilidade na produção de proteína animal.


Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro