Close Menu

Busque por Palavra Chave

Ciclone e Carlos Moisés; Amandio sorri; Paulinha afastada; Hobus atacado; PSL fora de 2020, Oportunismo eleitoral da pandemia

Por: Marcos Schettini
01/07/2020 11:04

Ser prefeito na pandemia em ano eleitoral

A oposição tem se aproveitado para atacar todos os prefeitos. Neste tempo de pandemia, com o cidadão voltado a cuidar de si, da família e das atividades, a guerra é incansável para desgastar o que puder para tirar proveito da situação. Gean Loureiro é um alvo desta tática. Gabriel César, ligado ao partido Novo, pré-candidato a vereador, é um mão-sem-calo que não sabe o que é um ônibus cheio ou, muito menos, dificuldade de um trabalhador do dia a dia. Usa as redes sociais para fazer campanha em cima da desgraça do coronavírus como se soubesse a cor do cavalo branco de Napoleão. É mais um gogo boy a serviço da própria preguiça que, cansado sem ter o que fazer na vida, quer ganhar uma cadeira na Câmara para comer o saboroso pastel do Keko. Adeliana Dal Pont, Camilo Martins, Gigante Buligon, Mário Hildebrandt, Joares Ponticelli, Rodrigo Preis, Rose Maldaner, Udo Döhler, em qualquer lugar, tem seus patéticos oportunistas. A eleição de 2018 já elegeu Teletubbies e Bananas de Pijamas suficientes e o resultado já é conhecido.


CADÊ

Entre as várias regiões em que os ventos de ontem destruíram e matou animais e pessoas, o Oeste teve um cenário de horror. Agora são esperadas as mãos do Governo de SC para abraçar os municípios. É o momento, inclusive, da aproximação nunca tida.


ENTÃO

Carlos Moisés esteve em Chapecó, nestes 18 meses de seu governo, talvez 5 vezes no máximo. A indiferença com a região não é uma exclusividade do Oeste, ocorre em todo o Estado. Agora, com estrago do Ciclone Bomba, não sabe por onde começar.


NADA

Amandio João da Silva foi à CPI abraçar os deputados via vídeo. Em casa, onde prestou o seu depoimento, sofreu à metade. Com distância protegida, embora sob jura, teve menor efeito intimidatório que seus ex-colegas do rolo que, presenciais, suavam para responder.


TUDO

O ex-secretário da Casa Civil afirmou que tem uma relação de amizade com Cris Esmeraldino que, por osmose, tem grande aproximação com o irmão Lucas, o homem bomba, todos de Tubarão, que indicou Carlos Moisés e Daniela Reinehr à fatídica eleição ao governo.


AMIZADE

Amandio João da Silva falou bem da relação com os irmãos Esmeraldino. Cris, o empresário, conheceu na campanha de 2018. Neste coleguismo, do nada, tornou-se chefe da Casa Civil pós Borba. Passarinho que voa com morcego, acaba dormindo de ponta cabeça.


SUSPEITA

Paulinha, febre alta e coriza, está cuidando da saúde. Hoje pega o teste que, espera-se, dê negativo e volte à ativa. O período de distanciamento, suficiente, pode refletir em sua saída da liderança do Governo que a deputada exerce apenas em imaginação.


EXPLICAÇÕES

Milton Hobus vai ficar contido para ganhar argumento sobre a ida do Gaeco ao seu gabinete e na Prefeitura de Rio do Sul, onde foi prefeito. Por tabela, prejudica o tucano José Thome, se arrastando manco para a reeleição já reconhecida como ruim.


FORA

Sem clima, o deputado estadual pelo PSD foi cuidar da própria imagem e abandonou a prioridade da CPI dos Respiradores. Milton Hobus levou um torpedo pesado no peito. Não pela investigação em si, mas pela força que o Gaeco imprime em desgaste.


ELES

Rodrigo Coelho, Darci de Matos e Adriano da Catarinense, ainda no páreo eleitoral, deverão sinalizar no final do mês o rumo real a ser tomado no pleito. Certos em Joinville são Ivandro de Souza (Podemos), Rodrigo Fachini (PSDB) e Fernando Krelling (MDB).


DESGASTE

Os candidatos do PSL vão se contaminando com os escorregões verbais, administrativos, moral e inconsequentes de Carlos Moisés. Desistências em várias regiões, quem sonhava com a disputa, se esconde mais por vergonha que voto.


FIRME

Prefeito de SMdoOeste controlou ações rápidas ao bater de frente com os ventos de 120 km/h que mexeu com o município e todo o Estado. Wilson Trevisan passou a noite rodando, cidade e interior, dando atenção aos atingidos em tempo real. In loco, viu o desespero do cidadão.



Semasa Itajaí
Alesc - Novembro
Unochapecó
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro