Close Menu

Busque por Palavra Chave

Isolado, governador Carlos Moisés não tem uma só voz forte contra o impeachment

Por: Marcos Schettini
27/07/2020 10:56
Mauricio Vieira/Secom

Somente os membros da PGE, aqueles que tiveram aumento de 5 mil reais no salário e geram despesas de 33,6 milhões de reais nas contas públicas por quatro anos do mandato de Carlos Moisés, são os que estão defendendo o governador pelo benefício recebido. Nenhum outro seguimento da sociedade levantou sua voz. As entidades estão deixando somente as autoridades envolvidas decidirem os rumos. Não querem dar opinião sobre o impeachment evitando serem identificadas como a favor ou contra a cassação. O setor empresarial é um destes que já tem problemas demais nas consequências do coronavírus e abacaxis pesando forte para se preocuparem com este tema que é responsabilidade dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Ou seja, quem pariu Mateus, que o embale.


Palhoça Você em Dia - Mobile
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro