Close Menu

Busque por Palavra Chave

Esperança e união entre os povos

Por: Marcos Schettini
06/04/2017 10:10 - Atualizado em 06/04/2017 10:13
(Foto: Marcos Schettini/LÊ) (Foto: Marcos Schettini/LÊ)

O Alcaide de Medellín expressou em um raciocínio feito ontem, que agora mais do que em qualquer momento, é preciso entender os sinais da vida. Que não é preciso baixas como a tragédia para que o espírito humano, de entendimento e de paz, torne-se a bandeira de todos os povos. Bem falante e com a simplicidade que os homens que exercem a humildade, lembrou que o momento que ficou marcado na memória de todos, serve como luz para que possa-se multiplicar ações que valorizem o ser humano e sua existência. Conhecedor do sofrimento por que passa a América Latina, deixou em Chapecó a cereja do bolo. Agora todos são, sim, colombianos.


Eventos

As movimentações de ontem em Chapecó foram de todas as formas. A cidade viveu o esplendor de um grito contido que, sabe-se, ganhou a América Latina. Todas as pessoas, sem exceção, mostraram sua paixão pela vida.

Retrato

O legado que o time dizimado deixou ao povo do mundo foi a excelente forma de ver a vida em favor de todos. A queda do avião levantou um tema de solidariedade, respeito e sensibilidade ao ser humano.

Encontros

Ontem o evento realizado entre Prefeitura de Chapecó e o empresariado em favor da delegação da Colômbia, foi digno de respeito. Foram eventos de altíssima organização e, mais que um encontro, entrou para a História.

Troca

Federico Gutiérrez fez questão de se afirmar que é prefeito e acompanhou a tratativa dada aos homens que governam as municipalidades. Alcaide, como são chamados os prefeitos de lá, foi assumido por Gigante Buligon.

Emoção

Presidente da CEC, Nico Tozzo, entregou uma placa ao prefeito de Medellín, Federico Gutiérrez e, sem poder conter a emoção, deixou escapar as lágrimas que demonstraram o lado humano de um empresário de valor e grandeza.

Igualmente

Cláudio Jacoski, reitor da Unochapecó, também entregou uma placa ao prefeito de Medellín que, também em forte emoção, agradeceu completamente a recepção que o povo chapecoense ofereceu. Impressionante.

Perfeito

Tudo deu certo para que o evento de terça-feira fosse transformado em um dia de lembrança para todo o mundo. A imprensa internacional que estava presente ao evento, foi grandiosa e deu luz às celebrações de ação de graças.

O bispo Odelir Magri, que dirige a diocese de Chapecó, acompanhou o raciocínio do prefeito Gigante Buligon que, o encontro entre Atlético Nacional de Medellín e Chapecoense, foi um evento de ação de graças em nome da vida.

Evolução

Diante de um encontro interessante entre dois lugares com mesmo coração, empresários agora querem conhecer a Colômbia, país irmão do Brasil que, cheio de preconceito de ontem, agora ganhou o respeito do mundo.

Maioridade

Ao crescerem em respeito aos países da América Latina, o cidadão viu de perto que, preconceito não dá crédito a ninguém. Federico Gutiérrez lembrou que cabe aos latino-americanos, em qualquer lugar, se olhar mais e melhor.

Recado

A intenção do alcaide de Medellín em mandar recado de justificativa em irmandade, é a sinalização, e ele gostou, se ter colocado seu nome para a presidência da Colômbia. Foi aplaudido no Hotel Bertaso.

Juventude

Homem de palavras simples e demonstração de simplicidade, Frederico Gutiérrez mostrou-se cordial, atencioso e completamente em casa. Rindo, participando, viu em Chapecó sua terra na distante SC, agora seu chão.


Falei

“Temos amor a todos vocês e estão nos nossos corações”.

Federico Gutiérrez, alcaide de Medellín, referindo-se ao povo brasileiro, de SC e principalmente aos chapecoenses.


“Estamos aqui com a camisa trocada porque somos um”.

Gigante Buligon, prefeito de Chapecó, com a camisa do Atlético Nacional de Medellín apontando para a da chapecoense vestida no alcaide colombiano.


"Estou feliz".

Ivanor Piaia, empresário, ao responder à pergunta se gostou do resultado entre Chapecoense e Atlético Nacional de Medellín.


Palhoça Você em Dia - Mobile
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro