Close Menu

Busque por Palavra Chave

Chapecó registra mais de 6% de aumento no valor da cesta básica

Por: LÊ NOTÍCIAS
14/10/2020 15:49
Cristiano Estrela/Secom De acordo com pesquisa da Unochapecó e Sicom, o valor necessário para adquirir o cesto com 57 produtos básicos chegou a R$ 1.596,22 De acordo com pesquisa da Unochapecó e Sicom, o valor necessário para adquirir o cesto com 57 produtos básicos chegou a R$ 1.596,22

Está mais caro fazer as compras nos supermercados de Chapecó. Pelo menos é o que diz a nova pesquisa, feita nos dias 1 e 2 de outubro, pelo curso de Ciências Econômicas da Unochapecó, em parceria com o Sindicato do Comércio da Região de Chapecó, por meio do Pesquisas Sicom. O estudo estatístico aponta que o aumento do custo monetário do cesto de 57 produtos básicos é de 6,29%, em comparação a setembro, e esse é o maior aumento registrado desde abril de 2017, quando chegou a 8,83%. Além do mais, é o maior resultado de toda a série histórica para o mês de outubro, com diferença perto de R$ 100,00.

O aumento monetário no custo do cesto básico foi de R$ 94,46 para os consumidores neste mês de outubro. Em setembro, o valor necessário para adquirir o cesto era de R$ 1.501,76 e neste mês chegou a R$ 1.596,22. Se a comparação for feita entre os últimos 12 meses, o aumento registrado é 20,73%, considerando que em outubro de 2019 o custo total do cesto era de R$ 1.322,14, o que representa diferença de R$ 274,08.

O produto que puxou o aumento do preço do cesto neste mês é a banana, em 72,83%. Já a redução mais significativa foi verificada na couve, em 14,66%. Neste mês, uma família chapecoense necessita de 1,53 salários mínimos líquidos para adquirir o cesto de produtos básicos.


Outras Notícias
Palhoça Você em Dia - Mobile
Covidômetro - Florianópolis - Julho
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro