Close Menu

Busque por Palavra Chave

Li, Vi e Ouvi | Violência no campo, desemprego e sorriso

Por: João Lamarque de Almeida
04/05/2017 10:21 - Atualizado em 01/07/2020 11:36

Violência no campo

No Brasil, a violência no campo é uma realidade antiga. Desde a invasão portuguesa, a classe dominante se apropria da natureza terra, água e sementes. A terra era da Coroa que concedia seu uso aos ricos. Os índios ficam sem nada. Em 1850, antes da libertação dos escravos, nasce a propriedade privada da terra. Os escravos ficam sem terra, consolida-se o modelo do latifúndio. Nascem as favelas. A população mestiça e pobre do interior só tem a posse da terra, ficando sem esse direito de propriedade. Nunca houve uma Reforma Agrária. Hoje, os assentamentos existentes são fruto dos sem-terra que, organizados, ocupam latifúndios improdutivos. A Reforma Agrária é luta, força do povo, no território: terra, biodiversidade, florestas, água, recursos naturais, modo de produção e qualidade dos alimentos.

Desempregados

Nove por cento da população brasileira está desempregada. Significa que, a cada 100 pessoas, nove não tem ocupação. É a maior taxa para o período desde 2012, quando a série do IBGE teve início. Pesquisa divulgada mostra que a população brasileira desempregada chegou a nove milhões de pessoas.

Dar um sorriso alegre

Jesus só poderá possuir inteiramente a nossa alma se ela se abandonar a Ele com alegria. Um santo triste é um triste santo, costumava dizer São Francisco de Sales. Santa Tereza de Ávila só se preocupava com as suas irmãs quando via que alguma delas perdia a alegria. As crianças, aos pobres, a todos os que sofrem e estão sós, daí um sorriso alegre; não lhes ofereçais apenas as vossas mãos, mas também o vosso coração. Talvez não estejamos em condições de dar a alegria que brota de um coração que ama a Deus. A alegria é muito comunicativa.

PENSAMENTO

“Não há mal em não saber, mas sim em nada querer aprender”. (Sócrates)


Palhoça Você em Dia - Mobile
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro