Close Menu

Busque por Palavra Chave

Desemprego e final do mundo

Por: Marcos Schettini
04/05/2017 10:28 - Atualizado em 04/05/2017 10:28

O exército de desempregados, quase 15 milhões espalhados pelo Brasil, mostra o final de tudo. Não há saída se não ter a fé que segura o medo e seguir em frente. Se isso não é a cara do Brasil, então o que é? Talvez quem esteja em seu próprio negócio, saiba o que é estar desempregado. Mas quem vive isso, o fantasma de sair e voltar tarde sem encontrar um lugar para trabalhar, tem noção do terror, medo pleno, desespero de não saber como vai honrar as tarefas de final de mês. Não é uma célula qualquer. É uma multidão, de inúteis prontos para tudo. São três estados de Santa Catarina cheios de pessoas sem o que fazer. Cadê a solução para eles? Carpir, vender sorvete, virar empresário? Quem tem a fórmula?


Acabou

O governo do golpista Temer, pela demonstração de força da país a fora, terminou. Em todas as regiões do Brasil, ele foi taxado de todas as palavras de nível de descrédito possível. Demonstração de que, até quem derrubou Dilma, quer ele fora.

Mais

Não somente perdeu o controle do país, está em situação de completo descrédito que agora, quem diria, tem quem afirme que Dilma era mais, e melhor que ele. Chegando nestas condições, afirma-se que o jogo terminou mesmo.

Desmoralizado

A pessoa do Temer não agrada nem mesmo a quem ele tem dado todas as aberturas possíveis. Em Brasília, entendem em suas células que, em xeque dentro e fora do governo, é um inútil dar crédito para não se queimar e afundar junto.

Barulho

Não há dúvidas de que a movimentação que foi feita na sexta-feira (28), também em Chapecó, os partidos e sindicatos mostraram que estão juntos nos mesmos objetivos. Se no campo partidário tem diferenças, no sentimento Brasil, jogam iguais.

Pastelão

A abertura dos primeiros protestos mostra o fracasso do governo e que está sitiado por todos os setores da sociedade, inclusive aqueles que o apoiaram. Com 14 milhões de desempregados, o país está entregue completamente.

Nada

Embora tenha quem busque culpar o governo passado, principalmente de Dilma, sabe-se que o golpista Temer foi articulador no Congresso onde, ao contrário de buscar as saídas da crise, arquitetou a saída do governo democraticamente eleito.

Recado

Até mesmo para os ministros de Temer, reconhecem que ontem foi o marco divisor do final degradante da chapa eleita em 2014. Se Dilma escorregou, o golpista Temer é a cereja do erro. Em que caminho entrou o eleitor para errar completamente.

Inferno

Se Dilma e seu covarde vice foram um erro, igualmente seria outro, tão igual quanto o golpista, Aécio Neves, o campeão dos campeões em corrupção e mentiras. Se agora o Brasil está no enxofre, com o mineiro estaria no colo do diabo.

Socorro

Como é que o eleitor poderia ter votado tanto em dois candidatos equivocados como Dilma e Aécio para irem pão segundo turno? Das duas farsas, ao menos Dilma se conhecia do 1º mandato. O corrupto Aécio enganou SC inteira.

Orgulhoso

Aécio Neves é tão corrupto, tão citado em falcatruas, tão mergulhado em pus, que tem até Gilmar Mendes, do Supremo, protegendo-o de depoimentos. Só SC mesmo para bater no peito de satisfação de ser tão cego. Acha bacana ter enganado.

Brasil

É este país, afundado em vergonha, que faz um microempresário como o pizzaiolo Vilella e sua esposa, ignorarem todas as coisas ruins que enfrentam no dia a dia e arregaçando as mangas, continuar acreditando no negócio que tem.

Valentes

Não é somente a Pizzaria Vilella, mas a loja de tinta, do pastel, o feirante dos sábados, o pequeno comércio do bairro, vendendo coisas simples e baratas que sabendo de todos os riscos de manter o negócio em pé, mantém a fé. Impressionante.



Falei

“Somos nós quem vamos fazer acontecer”.

Cleber Ceccon, vereador, afirmando em entrevista que o cenário ruim do Brasil está nas atitudes dos brasileiros.


“São mentirosos que pensam enganar a todos ao mesmo tempo”.

Paulinho da Silva, ex-vereador, dizendo que a máscara do governo que deu golpe na democracia, caiu.


“Não se pode confundir a Instituição, a Casa onde estão os legisladores com os próprios legisladores”.

Luiz Peruzzollo, advogado e Procurador da Câmara de Vereadores de Chapecó, sobre atacar a Casa inteira em detrimento de um equívoco de apenas um membro do Poder.


Covidômetro - Florianópolis
IPTU São José - 2021
Prefeitura de Palhoça - IPTU
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro