Close Menu

Busque por Palavra Chave

Piracanjuba - Mobile

Juíza de Santa Catarina aceita convite para atuar como auxiliar no Superior Tribunal de Justiça

Por: LÊ NOTÍCIAS
21/10/2020 17:10
Divulgação Thaíse Siqueira Ornelas teve indicação feita pelo ministro Benedito Gonçalves Thaíse Siqueira Ornelas teve indicação feita pelo ministro Benedito Gonçalves

A juíza catarinense Thaíse Siqueira Ornelas completou um mês em suas funções no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília/DF. A magistrada exercia a primeira experiência como juíza de Direito na comarca de Pinhalzinho quando recebeu a convocação, mesmo período em que o Poder Judiciário de Santa Catarina autorizou sua promoção para a comarca de Curitibanos.

O convite veio de um colega juiz que já atua na equipe e, logo em seguida, veio a indicação feita pelo ministro Benedito Gonçalves. A convocação foi encaminhada ao presidente do TJSC, Ricardo Roesler, que autorizou o afastamento de Thaíse.

"O STJ nunca foi um objetivo específico para minha carreira, mas é uma honra muito grande para qualquer magistrado. É o reconhecimento de todo o trabalho e esforço diários para tentar desempenhar nossas funções da melhor forma possível. Me sinto muito feliz, honrada e agradecida pela indicação do ministro e pela liberação do desembargador Ricardo Roesler. Vou me esforçar muito para desempenhar meu papel no STJ e honrar os magistrados catarinenses", comemorou a juíza.

No cargo em Brasília, Thaíse ficará por um ano com possibilidade de renovar por mais um ano. Ela exerce a função de juíza auxiliar do ministro Benedito Gonçalves. Cabe ao ministro decidir em quais processos a juíza deve prestar sua colaboração. O STJ é o terceiro grau da Justiça brasileira, onde as sentenças chegam para serem reavaliadas, em forma de recurso, depois de serem prolatadas pelo juiz de primeira instância, na comarca de origem, e julgadas novamente em grau de recurso pelo Tribunal de Justiça do estado correspondente. Também é função do órgão julgar ações originárias, como casos criminais em que há autoridades envolvidas com foro por prerrogativa de função.

"O trabalho na comarca de Pinhalzinho foi um grande desafio pela extensa pauta de audiências, atendimento aos advogados, direção do foro e pelo grande número de processos. No entanto, toda a experiência que adquiri durante minha trajetória profissional permite contribuir com o trabalho do STJ. Da mesma maneira, o aprendizado que recebo agora em terceiro grau colaborará muito com meu trabalho no PJSC quando retornar às funções na comarca. Estou tendo a oportunidade de analisar o processo sob outra perspectiva", dividiu Thaise.

Trajetória

Natural de Brasília, Thaíse veio a Santa Catarina para estudar. Graduou-se em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Iniciou a carreira jurídica como estagiária no PJSC. Na mesma instituição, logo assumiu a função de assessora jurídica e, em seguida, foi aprovada em concurso público para o cargo de analista jurídico, onde atuou por cinco anos até a aprovação no concurso da magistratura.

Como juíza substituta, atuou nas comarcas de Blumenau e Joinville. Em Pinhalzinho, onde permaneceu por dois anos, teve a primeira experiência como juíza de Direito e, ao retornar das funções no STJ, assumirá a Vara Criminal da comarca de Curitibanos.

Filha de um químico e uma servidora pública, foi o padrasto advogado que inspirou a jovem a buscar o Direito como profissão. Thaíse conta que admirava o trabalho que ele exercia como procurador da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). "Assim, firmei meu objetivo profissional de sempre atuar da melhor forma possível, onde estiver", finaliza juíza auxiliar do STJ.


Outras Notícias
Publicações Legais Mobile
Vederti Mobile
Sicoob Mobile
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro