Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

POPULAÇÃO TRANQUILA

Radar Meteorológico Oeste tem investimento de 12,3 milhões em Chapecó

Técnicos do Brasil, da Alemanha e do Irã trabalham na construção do equipamento
Por: LÊ NOTÍCIAS
04/05/2017 10:48 - Atualizado em 04/05/2017 10:49
Equipe de trabalho demonstra entusiasmo com construção e montagem do Radar (Foto: Andréia C.Oliveira/ADR Chapecó) Equipe de trabalho demonstra entusiasmo com construção e montagem do Radar (Foto: Andréia C.Oliveira/ADR Chapecó)

As 20 toneladas de equipamentos para instalação do Radar Meteorológico Oeste chegaram a Chapecó no fim de abril para que a equipe responsável pela instalação começasse a montagem das peças. O investimento do Governo do Estado é de R$ 2,3 milhões na estrutura da obra e R$ 10 milhões nos equipamentos. O radar, instalado no Loteamento Desbravador, irá garantir a cobertura de 42% do território catarinense para alerta de eventos climáticos. O equipamento tem raio de cobertura de 200 quilômetros, com isso cobre 138 municípios da região Oeste de Santa Catarina. Somado ao radar do Vale (Lontras) e do Sul (móvel que ficará em Araranguá), todo o Estado estará coberto.

A chegada dos equipamentos foi acompanhada pelo secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli. “O equipamento serve para que você consiga junto com os planos de contingência, os protocolos de linha crítica, emitir os alertas à população e definir a forma de atendimento ou de gerenciamento de crise que possa estar abatendo o Estado”, afirma o secretário.

A execução da torre e instalação dos equipamentos surpreende pela agilidade. “A obra entra na reta final, em cinco semanas a instalação dos equipamentos deve ser concluída. Depois inicia a fase de testes e operação assistida. Tudo isso em seis meses, o que demonstra a preocupação do governo em entregar o mais rápido possível esta obra”, comenta o secretário Moratelli.

O equipamento veio da Alemanha, chegou no Brasil no início de março e ficou no Porto de Itajaí aguardando a liberação alfandegária. É composto pelo radome – proteção da antena que capta as imagens e por computadores que irão processar e fazer a leitura das informações para emitir os alertas no Centro Integrado de Gerenciamento de Risco e Desastres (Cigerd) de Florianópolis.

A OBRA

A construção do prédio de cinco andares onde funcionará o radar começou em novembro do ano passado e está em fase de acabamentos. Simultaneamente ocorre a instalação dos equipamentos. A base do heliponto também foi executada.

Segundo o secretário executivo da ADR Chapecó, Edegar Giordani, esta é mais uma importante e aguardada obra do Governo do Estado. “O radar meteorológico vem para beneficiar toda a população, que irá conseguir receber alerta de tempestades e vendavais com confiabilidade”, afirma.


Outras Notícias
Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro