Close Menu

Busque por Palavra Chave

Autor de atropelamento coletivo está preso e pode ir a júri popular por homicídio doloso

Por: LÊ NOTÍCIAS
05/02/2018 16:58 - Atualizado em 05/02/2018 17:06
Jovem de 21 anos conduzia um VW/Gol quando atropelou cinco pessoas em Xaxim (Foto: Polícia Militar) Jovem de 21 anos conduzia um VW/Gol quando atropelou cinco pessoas em Xaxim (Foto: Polícia Militar)

O jovem de 21 anos que atropelou cinco pessoas no final da tarde de sexta-feira (02), na rua Rio Grande, no bairro Bela Vista, em Xaxim, teve a prisão preventiva decretada pelo juiz de plantão e foi encaminhado ao Presídio Regional de Xanxerê.

Identificado pelas iniciais L. P. R., o jovem fugiu após o atropelamento coletivo alegando que “conduzia o veículo e acabou escutando um estouro e que ao perceber que havia atropelado pessoas, não sabia o que fazer”, disse aos policiais militares, ao ser abordado na linha Cambuizal, interior de Xanxerê, cerca de uma hora após o crime.

Ele, que não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou Permissão Para Dirigir (PPD), confessou aos policiais que havia ingerido uma caixa de cerveja inteira antes de conduzir o veículo VW/Gol, com placas LZA-4948, de Xaxim.

Das cinco vítimas do atropelamento, uma delas morreu na noite deste domingo (04) no Hospital Regional do Oeste, em Chapecó. As outras quatro vítimas, sendo um jovem de 17 anos, uma adolescente de 14 anos, e duas crianças de 09 e 06 anos, ficaram feridas e não correm risco de vida.

Segundo o Promotor de Justiça Diego Barbiero, da 2ª Promotoria de Xaxim, o caso é possível de ir a júri popular. “Mais uma vez o álcool aparece por trás de uma tragédia. Não se pode descartar a hipótese, ao menos por ora, de homicídio doloso (dolo eventual) na condução de um veículo, que é quando o agente assume o risco de produzir o resultado morte. A consequência seria o reconhecimento da competência do júri popular para decidir o caso. Com a conclusão da investigação, iremos deliberar sobre qual é a saída juridicamente viável para que a sociedade se sinta protegida e a morte da Sra. Fátima não sirva só para engrossar as estatísticas do trânsito que mais mata no mundo”, disse Barbiero.


LEIA TAMBÉM:

Vítima de atropelamento coletivo em Xaxim morre no hospital em Chapecó

Jovem de 21 anos que atropelou cinco pessoas estava alcoolizado no momento do acidente

Jovem atropela uma mulher e quatro crianças no bairro Bela Vista em Xaxim


Outras Notícias
Anúncio Radial 2
Campanha Infraestrutura - Mobile
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Campanha Santur
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro